Argumento Moral

depositphotos_11912807-stock-photo-germany-circa-1974-a-stampO modo kantiano, i.e., transcendental-idealista de justificar a crença na existência de Deus consiste, grosso modo, em argumentar que uma pessoa que crê ser racional agir moralmente está agindo como se Deus existisse, e que, ipso facto, seria pragmaticamente contraditório se essa pessoa negasse a existência de Deus, mesmo que esta não possa ser (teoricamente) demonstrada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s